Arquivo do mês: novembro 2012

Faleceu José Wolf

Aos amigos do Wolf que querem saber detalhes… Abaixo o comunicado do Mario Pini.Jornalista José Wolf,

¨Minhas queridas, perdemos o Wolf … No domingo passado, ele sofreu o 2º infarto. Somente conseguiu socorro, alcançando o telefone e chamando a vizinha, um dia depois (!!!). Essa mesma vizinha me ligou na quarta-feira (21), informando sobre os acontecimentos e o pedido dele desejando me ver … Na Santa Casa, no horário das visitas, me encontrei com o Paulo Sophia, ex-presidente do IAB SP, que estava sempre próximo, ajudando-o de todas as formas. Não pudemos ter o último contato com o Wolf, que pelo fato de apresentar um quadro mais crítico,  já estava sedado, respirando com ajuda de ventilação mecânica. Hoje de manhã, ele teve nova parada cardíaca e não resistiu. O corpo seguirá para Salto, onde será enterrado. A vizinha, dona Andréia da Mota, fará rezar uma missa em São Paulo, para encontro dos seus amigos. Seremos avisados. Abraços. MSP¨

Mario Sergio Pini, Revista Au

Fiz um post para meu amigo, segue o link tem mais sobre o Wolf: Meu amigo, José Wolf. Bjs Wolf, até um dia Betânia Sampaio

No Blog Gate 4 tem muitos post escrito por Wolf: Textos do Wolf no Gate4  e no Blog Betânia Sampaio os últimos pots: Texto no Blog Betânia Sampaio (click encima do tema que vc ira ver todos)

Anúncios

Meu amigo, José Wolf

Wolf, meu grande amigo… Faleceu ontem dia 23 de novembro de 2012

Não quero falar de seu currículo invejável, quero falar de um amigo que conheci em Recife em 1988, convidado pela ¨nossa turma¨ da FAU-PE para cobrir um seminário para Revista AU. No nordeste Wolf conseguiu construir amizades realmente sinceras e descobri inúmeros talentos da Arquitetura… (palavras dele)

Apaixonou-se pela nossa cidade, mas do que isso pelo carinho e respeito que todos demonstravam por ele. Wolf com a sua sensibilidade encontrou nas pessoas o que mais precisava, reconhecimento e carinho.

O que fazia Wolf ser feliz era amor pela vida, dizia sempre: ¨estou vivo mulherrr¨. Era muito intenso amava os amigos, a arquitetura, o jornalismo, a Deus…

Wolf gostava ¨da vida e das pessoas¨, nunca vi queixando-se de nada, morava numa região perigosa, no centro da cidade de SP, porque queria a vivencia com o mundo real, como costumava dizer.

Pra mim esta muito difícil escrever sobre o Wolf, me vem tantas lembranças… Quando vim morar em São Paulo em 1991 ele acompanhou a minha trajetória E caso eu queira colocar começo, meio e fim nas varias historias vividas ao lado dele talvez escrevesse um livro, então pra você que teve o prazer de conhecê-lo e que ama o Wolf você… Tereza Simis, Marco Antonio Borsoi, Zeca Brandão, Expedito Arruda, Roberto Montezuma, Vitoria Regis, Oliveira Junior…  Meninos de Olinda… Também iram lembrar alguns momentos com esta pessoa tão iluminada.José Wolf, Jornalista

Ele fez vários textos pra meu blog gate4 e Betânia Sampaio e vive com ele vários momentos felizes como: Feijoada da Betânia.

Os dois post são bem significativos, expressam bem o momento que ele estava passando, caso queira acessar estão abaixo. (click encima do tema)

Vida contra a morte

Reflexões na UTI de um pronto socorro

Terceira idade pede passagem

Post de hoje: Faleceu José Wolf

Vá em paz meu amigo José Wolf e até um dia. bjs Betânia Sampaio

No Blog Gate 4 tem muitos post escrito por Wolf: Textos do Wolf no Gate4  e no Blog Betânia Sampaio os últimos pots: Texto no Blog Betânia Sampaio (click encima do tema que vc ira ver todos)

Minha Carol

Apresentação da Carol Sampaio, 12 anos, dia 10/11/12 e 4 anos de experiencia em teclado e cada vez melhor…
Atelier, teclado

Carol no teclado

Jason Mraz – I Won’t Give Up (Lyric Video)

Vagalumes com Carol

Vagalumes a musica que a Carol, 12 anos cantou com a Stephanie, dia 10/11/12 PolloCarol Lazzari

Vagalumes

Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí,
Pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar… Do seu lado.

Vou escrever mais de um milhão de canções pra você ouvir,
Que meu amor é teu, teu sorriso me faz sorrir,
Eu Vou de Marte até a Lua, cê sabe já tô na tua,
E Não cabe tanta saudade essa verdade nua e crua,
Eu sei o que eu faço nosso caminho eu traço,
Um casal fora da lei ocupando o mesmo espaço
Se eu to contigo não ligo se o sol não aparecer
É que não faz sentido caminhar sem dar a mão pra você
Teu sonho impossível vai ser realidade,
Sei que o mundo tá terrível mas não vai ser a maldade que
Vai me tirar de você, eu faço você ver, pra tu sorrir eu faço o mundo inteiro saber que eu…

Vou caçar mais um milhão de vagalumes por aí,
Pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você
E quando amanhecer eu quero acordar… Do seu lado

Pra ter o teu sorriso descubro o paraíso ,
É só ver sua boca que eu perco o juízo por inteiro,
Sentimento verdadeiro eu e você ao som de Janelle Monáe, vem deixa acontecer,
Me abraça que o tempo não passa quando cê tá perto,
Dá a mão e vem comigo que eu vejo como eu tô certo,
Eu digo que te amo cê pede algo impossível,
Levanta da sua cama, hoje o céu está incrível.

Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.

Faço dos teus braços um lugar mais seguro,
Procurei Paz em outro abraço, eu não achei eu juro,
Saio do compasso, passo apuros que vier,
Abro a janela pra que você possa ver…

Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí,
Pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado

Pollo – Vagalumes (participação Ivo Mozart) – Clipe Oficial

Apresentação da Carol

Musica que a Carol tocou com seu professor Bruno Perillo, Jazz & Blues, Take Five, Dave Brubeck.

Carolina Lazzari

Vídeo bem… Antigo

 

Faça agora

¨… A mensagem é simples: entre no corredor. Você nunca sabe que portas se abrirão no seu caminho.

Eu tenho um lema: ¨A ação sempre vence a inação¨.

As pessoas ricas saem em campo, acreditando que, uma vez dentro do jogo, podem tomar decisões inteligentes, no momento presente, fazer correção de rumo e ajustar as velas durante o percurso¨.

As pessoas de mentalidade pobre por não confiarem em si mesmas e nas suas aptidões, acreditam que precisam saber tudo de antemão, o que é praticamente impossível. Enquanto isso não fazem nada…¨

Os segredos da mente milionaria, T. Harv Eker, pag. 82Betânia Sampaio

Quando li este trecho me identifiquei, sempre gostei de experimentar, de arriscar, claro que quando fiquei adulta penso um pouco mais, considerei sempre que o mais importante era tentar, mesmo sendo extrovertida  as vezes é bem difícil, como a lei natural do universo é evoluir, não tenha medo de entra no corredor uma porta com certeza ira abrir.

Quanto mais opções se têm mais possibilidades das coisas dar certo.

Um exemplo: Patricia, uma amiga de infância, jornalista, claro que ela escreve super bem, e quando fomos dividir o blog Gate 4, senti-me insegura, mas pensei; Quantas oportunidade virão? Quantas pessoas vou conhecer? Quanto vou crescer?  Mesmo com minhas dificuldades e imperfeições, prefiro tentar. E hoje escrevo com mais naturalidade.

Não espere! você (nem eu) nunca vai saber de tudo.

É isso… Coloque seu barco no mar e vá ajustando as velas… Faça agora.

Betânia Sampaio

Como mudar?

¨…Nas grandes viradas, observe, costumamos trocar de amigos. Com quantos você ainda se relaciona da sua infância, juventude, escola, faculdade, primeiro, segundo empregos?

Dificilmente seus amigos anteriores serão de grande valia nessa nova personalidade que você terá que construir. Você precisará de conhecimentos novos, ambientes novos e novos modelos inspiradores.

Os que ficam são os essenciais, aqueles que transcendem o tempo por nos inspirarem com suas existências. Esses modelos, cultive-os sempre…¨

A Grande Virada, José Luiz Tejon, pagina 84

Estava tentando mudar, mas consegui a chave desta mudança, mudar não é só querer… Não é simples assim, não é um movimento só interno, não existe força de vontade que faça você mudar sem nenhum instrumento externo.

Precisamos de algumas ferramentas, de um caminho para essa mudança. O livro A grande virada foi este instrumento… Exatamente o que precisava, neste momento. Tejon diz que não mudamos nossa vida se não mudamos o que está ao nossas relações. Estava precisando mudar e não sabia como… Não que estivesse na ¨zona de conforto¨; muito pelo contrario, estava insatisfeita, incomodada e insegura e, neste momento, ter coragem de buscar novas relações e novos trabalhos faz a diferença. Hoje posso dizer que sei como se faz uma mudança. Betânia Sampaio

Betânia Sampaio