Arquivo da tag: Sergio Sampaio

Banheiro, projeto Betânia Sampaio

Projeto: Arqª Betânia Sampaio

Projeto banheiro para o apto de Rosaria e  Sergio Sampaio, em São Paulo, um projeto realizado com muita dedicação no qual o resultado final foi bem satisfatório, então segue algumas explicações sobre o projeto:

Revestimentos paredes;  revestidas em cerâmicas brancas 45 x 33 Cecrisa, e detalhes em pastilhas pretas.

Louças e Metais sanitários; Bacia Link, chuveiro Acquaplus e ducha, sensor de presença e temperatura na pia, todos Deca (não existe melhor), piso em mármore calacatta da Galeria Della Pietro e a  bancada desenhei com os recortes do mármore que esta no piso. (veja a pedra antes de ser instalada abaixo).

Vidraçaria; O box chega ao teto em gesso o que garante uma unidade no ambiente, e evita que coloque a toalha pendurada, não é… Marcelo, Risos.  Neste caso usei um vidro fixo preto e o de correr incolor já que a janela esta no interior do box permitindo a saída da umidade e a entrada de luz no banheiro. Também em vidro as prateleiras para dar um ar mais limpo ao box, toda vidraçaria e espelho são da SP Vidros.

Arqª Betânia Sampaio,

Betânia Sampaio Arquiteta
3-DSC04265
4-DSC04258
5-DSC04254
Betânia Sampaio, projeto banheiro
Arquiteta Betânia Sampaio

Recomendações/ dicas: use sempre cerâmica grandes nos banheiros, com isso ira diminuir os rejuntes e a limpeza e facilitada. Use sempre produtos da Deca, possui uma rede de credenciada, assim como uma boa assistência técnica, preste atenção nas luminárias do banheiro, lembre que o ambiente tem sempre umidade.Betânia Sampaio projeto

Iluminação; Nos meus projetos tenho sempre muito cuidado com a Iluminação, ponto chave para valorizar o ambiente e dar opções de uso dependendo do seu interesse no momento e nada melhor que as Luminárias com qualidade e designer então misturei um pouco de peças da Lumini La Lampe.

Marcenaria; As portas de correr segue a mesma linha da cerâmica acompanhando as juntas da parede dos banheiros, executada pela Marcenaria Heloyn, assim como o rodapé que tem 25cm de altura.
Betânia Sampaio

Gaveteiro; No banheiro branco com detalhes em preto quis ter uma opção de uma peça com um designer renomado da Studio Aissling, peça PLUS UNIT, gaveteiros moduláveis em ABS com ou sem rodas. Aqui vc pode visualizar algumas opções de modulações PLUS UNIT.

Da pra acreditar! O apto era assim 

Arquiteta Betânia Sampaio
Betânia SampaioMomentos da Obra.

Betânia Sampaio, obra
Reforma, Arqª Betânia Sampaio
Arq. Betania Sampaio, Reforma
Marmoraria; Fui na Marmoraria Della Pietro e escolhi a ¨dedo¨ a placa com o desenho que mais agradasse, e fiz questão que a placa fosse instalada inteira no piso, ou seja, só existe recorte na box (para quedas d¨agua), e com as ¨sobras¨ desenvolvi o projeto da Pia. A fabricação das peças e instalação foi da Marmoraria Legran.
Projeto Betânia SampaioBetania Sampaio, arquiteta

Nem nos meus melhores sonhos….

…Imaginava encontrar todos em de uma só vez

Pois é, um detalhe é capaz de promover encontros que nunca imaginávamos… (Em Maceió)

Tudo começou quando Tia Lenice levou um texto do João Victor, 14, meu filho, para que todos lessem, quando o João Sampaio (Tio João) leu ficou encantado, quis muito conhecê-lo. Ou seja, este foi o começo de um saboroso encontro de muitas recordações e sorrisos. E se quiser ler o texto segue o link: Fechando com chave de ouro.

Familia, Sampaio

Na foto acima da direita p/ esquerda: Arthur, Martinha, Tia Sonia, Tio João, Soninha, Aninha, Leonardo, Abaixo: João Victor, Carolina e Betânia Sampaio

Vamos lá!

Quem me recebeu a porta foi Tia Sonia, muito sorridente e feliz com a nossa presença, pois era claro que ela tinha preparado aquele momento com muito carinho… Tudo estava impecável na casa, havia um capricho implícito para nos esperar.  E aquela mesa, o que era aquilo… As comidas saborosas, sucos…. (né Soninha, suco), tudo perfeito.

Depois chega o Tio João, levando bronca da Tia Sonia pelos seus trajes simples para nos receber. Opa! Em um momento chequei a infância, revivia um momento que corriqueiramente se repetia.

Tio João com sua voz baixa diferente da euforia dos demais demonstrava toda a alegria de conhecer o João Victor, 14 e Carolina,12.

Ah! pra vc que não faz parte da família, ou os que estão entrando agora, como meus filhos, não se confundirem, Tio João é meu primo de segundo grau, primo de primeiro grau do meu pai, o Tio Sergio, mas quando criança aprendi a chama-lo de ¨Tio¨ pela diferença de idade e a Tia Sonia por ser esposa dele.Familia, Sampaio, Lazzari

Estavam todos lá os quatro filhos de Tio João e Tia Sonia… Meus primos, da minha geração, que convivi na infância… Chegaram as três filhas Martinha, Aninha e Soninha e por ultimo chegou o Joãozinho.

Aninha como sempre a mais exagerada, não permite passar despercebida em nenhum momento… Eu posso falar, pois tenho um pouco de Aninha, me identifico com estilo. Risos. Lembro-me dos nossos passeios em Recife, quantas compras… E as Bijus… quanto maiores melhor.

A Martinha, apesar de ser a que menos convivia presencialmente, pude acompanhar algumas de suas conquistas e decepções pelo FaceLenice postando sempre coisas das pessoas que ama. E garanto que esta muito, muito alem de um ¨nada¨ risos.

Atenção: Lenice Sampaio, Precursora do Mark Lukenberk (inventor do facebook), fazer amigos e unir as pessoas, é com ela mesmo.

A Soninha, sempre doce, voz baixa, atrapalhada e com uns comentários impossíveis de não sorrir… (muitas vezes por uma ingenuidade ou/e lentidão mesmo).

Soninha foi uma das primas que mais convivi, pois a nossa idade é próxima. Neste encontro podemos reviver tantas coisas… Soninha contando das mesas farta lá em casa. ¨Ahhh! Tia Lucia deixava tomar suco nas refeições, o que não era permitido lá em casa.¨

Das quedas que levamos na infância, inclusive uma que chegou até a desmaiar no Bompreço; Das festas de aniversario super produzidas, com a presença da nossa prima Luciana Sampaio que fazia parte do nosso grupinho mais próximo; Das brincadeiras do Tio Sergio fazendo de conta que arrancava o dedo…. Quanta coisa né!Martinha, Aninha, Soninha, Sampaio,

E junto com ¨elas¨ chegaram os filhos Leonardo-14,  Karine-22  e Arthur-31, uma nova geração, primos de terceiro grau do Victor-14 e da Carolina-12, (dos meus filhos), todos bem tímidos diante daquele falatório incontrolável.

O Thiago também estava lá, para ratificar a presença dele na ¨festa¨, ele mandou um sinal, foi quando a Aninha chegou com a homenagem dos seus colegas na mão cominando com a magia daquele momento de ter pela primeira vez na minha existência ¨o acaso¨ de uniu todos da família em volta da mesa.

O Thiago sabe, assim como nós, que Deus é alegria, ele quer nos ver sempre felizes e positivos, o nosso Pai maior não quer nos ver sofrer.

E o Leonardo, que Sorriso meigo. Acho que no começo um pouco assustado com tanto falatório e informação que vinha de todos os lados. Acho que estava dando o troco do nosso primeiro encontro.

Lembro que a primeira vez que o encontrei aconteceu o contrario eu que fiquei assustada… A Soninha levou o Leonardo-14, o João Antonio-16 e Silvio-9 ao Hotel Jatiúca. Estávamos hospedados e a Soninha levou seus filhos para conhecer e brincar com os primos João Victor-14 e a Carol 12, mais uma hora eles no Hotel teriam destruído todo o parque… (risos) eles tinham uma energia incrível. E a Soninha com sua voz calma ¨Leooo devagarrrr, Joãoooo¨.

A Karine, que orgulho, adoro quando encontro alguém que faz ou esta fazendo arquitetura, incrível lembrar que ela foi minha daminha de honra, ¨perfeitamente improvisada¨ levando lindamente as minhas alianças no meu casamento, eu estava com medo que ela tropeçasse naquele jardim e deixasse as alianças cair na grama, ai pronto… Nunca mais iria acha-las.

E o Arthur, pra vc queria pedir desculpa, acho que chegou no fervor do encontro, onde as emoções estavas a todo vapor e não dei a atenção que gostaria de ter dado, nas declarações do FaceLenice que não mente nunca, vc é muito especial e aguardo uma oportunidade para te conhecer melhor.

Família, SampaioPor ultimo apareceu o Joãozinho, (tem o ditado que diz o melhor vem sempre por ultimo)

Joãozinho, meu Deus o que é aquilo!

Quando adicionei vc no no meu face, tive uma grata surpresa. Comentei: ¨Tia Lenice o que é aquilo, o Joãozinho ficou tão bonito¨.

É… na infância a gente sempre tem um primo mais velho, e não tem coragem de falar com ele, porque meninas na infância sempre tem vergonha de meninos, e aqui pra nos, ele não era nada interessante. Fomos crescendo e cada um tomou um rumo e agora tive o prazer de rever solteiro e lindo. (risos).

E quem não estava lá também foi diversas vezes relembrado como o Serginho, que todos acharam mais bonito hoje, que Tio João não parava de lembrado nas conversas. A ponto da Carol falar: ¨Porque ele fala tanto do Tio?¨.  A Tia Lenice com as suas estórias que nos faz rir e sua memoria fora do normal. Lucia segundo todos muito generosa ao levar rosas vermelha ao Hospital em SP. Meu pai, o Tio Sergio e as participações dele nas brincadeiras da infância; e por ai foram as lembranças…

Para os mais novos…

Que ao reviver todos estes momentos também queremos dizer a importância de ter uma infância, uma adolescência uma vida bem vivida, que todos os dias são momentos que juntos farão nossa estória, as pessoas que amamos as que passaram por nossa vida, as nossas vivências, os nossos aprendizados, as nossas experiências e é por isso que temos que vive-los, pois experiência de ninguém vale a sua.

…E é vivendo que se tem uma estória a contar.

Sou  ¨de outra geração¨ tínhamos nossas lembranças e fotos para lembrar. Hoje alem das lembranças que estão em nosso coração e nunca existirá nada que destrua, teremos aqui o mundo virtual para relembrar nossos encontros.

Todas estas emoções e olhar que tive do nosso final de uma tarde de uma quarta feira e começo do ano de 2013, que com certeza me revingorou no ano novo, gostaria que compartilhassem comigo dizendo como se sentirão.

Um grande beijo e aguardo vcs em São Paulo. Betânia Sampaio

Reflexões na UTI de um PRONTO SOCORRO

Estava na cozinha da minha casa dia 18 de novembro e vejo correr por baixo da porta uma carta, quando olhei vi um enorme envelope, manuscrito e enviado pelo correio, adorei a descrição do destinatário: À  Arqª Design Betânia Sampaio, isso hoje em dia ¨É realmente incrível¨.
Logo abaixei-me para pegar, aquela correspondência tão carinhosa no envelope branco uma estrelinha pintada em  lilás e no lado oposto vários selos, vi que havia sido postado no dia anterior. (então veja rapidez, não precisamos viver só de e-mails)
Isso não é demais! Isso é Wolf. (Pensei: só poderia ser do meu José Wolf)

Betânia SamapioBetânia Sampaio
Em anexo veio ¨um texto¨ que o Wolf pediu para postar, então vamos lá!Jornalista, José WolfFoto Marco Antonio Borsoi, em uma feijoada na nossa casa.
Jornalista WolfAmigo Wolf, BetâniaBetânia Sampaio.
Bjs, fiz questão de escanear tudo; cartinha, envelope, texto para você perceber o carinho deste Jornalista com sua matéria prima. ¨A escrita¨. Artes plasticas

Ah! Ao ler a carta, parei para pensar no trecho ¨MEU DEUS, o que fazer e mudar nesse tempo de prorrogação que você me concedeu?  (fui eu quem marquei de caneta rosa assim que li).

Logo me veio a cabeça a ultima tela que só acabei de pintar no dia 14 de novembro, ela mede 1.80 x 1.00, comecei a pintar dia 1 de outubro, 4 dias após o falecimento do meu pai Sergio Sampaio, vou mostrar só um trecho, pois estou montando uma exposição falarei sobre as telas em outro momento e acho este trecho explica muita coisa… Sintam. bjs de novo Betânia Sampaio

Limite urbano. A rua é nossa ?

A rua é nossa…é de todos nós!

Visitação para EXPOSIÇÕES: 19 de julho a 11 de setembro
Evento de abertura: 02 de agosto às 20hpedestre, fotos sergio sampaiojapão, pedestre, viagem

Para ilustrar coloquei a foto de Sergio Sampaio, é um registro urbano no Japão em maio/2010 ,  Acima a rua sem pedestre 13:07 e na seguencia as 13:09 a travessia.

A exposição apresenta imagens de cidades de cinco continentes com a proposta de debater e imaginar novas maneiras de ordenar e administrar a rua, entendida como um patrimônio coletivo. Exibe reproduções fotográficas, textos, vídeos e uma sala de projeção.

Mesa Redonda: Deslocamentos invisíveis.
Implicações na Mobilidade Urbana Espacial e Social
09 de agosto, às 19h30
Com a presença de especialistas, o encontro discutirá a possibilidade de uma nova política de mobilidade urbana espacial e social.

Passeio pelo centro de São Paulo
13 de agosto, a partir das 10h, na Estação da Luz
Visita guiada a pé e de metrô pelos centros velho e novo
O objetivo é conhecer pontos históricos e arquitetônicos e motivar o deslocamento alternativo pela cidade.
Vagas limitadas, 25 vagas. Inscrições: (11) 3032-2499

Repensando o espaço público no entorno do MCB
20 de agosto, das 9h30 às 17h
Na oficina, com os professores Abilio Guerra e Álvaro Puntoni, será discutido o desenho do espaço e equipamentos públicos na Avenida Faria Lima e região.
Vagas limitadas, 25 vagas. Inscrições: (11) 3032-2499

Passeio de bicicleta 21 de agosto, às 8h
O percurso de 14Km partirá da frente do MCB e passará por museus e parques da região. Terminará com uma apresentação da Música no Museu, às 11h.
Vagas limitadas: 50 vagas – Serão disponibilizadas 20 bicicletas
Inscrições: (11) 3032-2499passeio

Acima registrei nas minhas pedaladas por São Paulo. (foto Betânia Sampaio). Quer saber mais sobre a Ciclo faixa, ¨Bike, nova visão de urbanismo?¨

Bicicloteca 27 e 28 de agosto, das 10h às 18h
Estará exposta no MCB uma biblioteca móvel, construída a partir da idéia do ex-morador de rua Robson Mendonça, para facilitar o acesso à leitura à população de rua. Os livros poderão ser recebidos e doados ao público.

As informações acima são da Cristiane Alves – Assistente de Ação Educativa do MCB, Museu da Casa Brasileira, Av. Brigadeiro Faria Lima 2705 São Paulo SP 01451 000 Brasil +55 11 3032 3727 | 3032-2499 www.twitter.com/mcb_org .

Espero que curtam as sugestões, Arqª Betânia Sampaio